segunda-feira, setembro 01, 2008

Ser velho é... ser sábio!...


«Sinto cansaço de fazer a barba todos os dias, de levantar, vestir, tomar banho, pequeno-almoço, comer, mastigar, engolir. Tudo isso, essas coisinhas fáceis e corriqueiras mas que são sempre as mesmas. É sempre a mesma coisa, a mesma ordem, ver a televisão. Tudo isso é uma chatice», afirmou o realizador Manoel de Oliveira.
«A única coisa que me consola e onde eu posso descansar, verdadeiramente descansar, é quando estou a realizar um filme. Nem quando estou a escrever fico animado, se vem a ideia, tudo bem, mas se não vem, fico muito inquieto. Depois, quando vem a ideia, é-se feliz e escreve-se, mas é enquanto realizo que sinto a paz e o sossego. Esqueço que tenho de me levantar cedo, esqueço-me de comer, esquece-me tudo, e estou ali», adiantou.
«Faço filmes, são as minhas verdadeiras férias».


1 comentário:

bernardo soares disse...

Quem me dera com a idade dele poder fazer o que mais gosto...